Nosso Negócio

No Brasil, a exploração de petróleo é realizada pelo regime de concessões, adquiridas por meio de leilões anuais da ANP.

  1. Leilões da ANP

    Participação em Rodadas de licitações para exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural, realizadas pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis(ANP). O julgamento das ofertas apresentadas segue três critérios:

    - Valor em dinheiro oferecido pelo bloco (Bônus de Assinatura);
    - Programa Exploratório Mínimo (PEM);
    - Compromisso de adquirir bens e serviços na indústria nacional.

  1. Aquisição da concessão

    Assinatura dos Contratos de Concessão, que estabelecem as regras para a exploração e produção de óleo e gás natural no Brasil. Os principais itens são:

    - Definição da duração dos períodos e devoluções obrigatórias;
    - Pagamentos pela ocupação (ou retenção) das áreas;
    - Pagamento dos royalties;
    - Pagamento das participações especiais sobre campos de alta produção ou rentabilidade;
    - Vigência, duração e prazos para as atividades de exploração e produção;
    - Responsabilidades das concessionárias;
    - Compromisso com o conteúdo local.

  1. Licenciamento ambiental

    Processo administrativo instruído junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e aos órgãos estaduais de meio ambiente (OEMA), quando aplicável, com vistas à obtenção das licenças ambientais necessárias para o funcionamento do empreendimento. Cada tipo de atividade exploratória, no caso da pesquisa sísmica e perfuração de poços, assim como a atividade de desenvolvimento da produção requerem licenças ambientais específicas.

  1. Fase de Exploração

    Realização de estudos geológicos e sísmicos preliminares para localizar uma jazida de petróleo e gás natural. Com isso, é possível conhecer a espessura, a profundidade e o comportamento das camadas das rochas sedimentares. A partir desse processo, é iniciada a perfuração dos poços para atestar a existência de reservatórios detectados pelos estudos preliminares.

  1. Fase de Desenvolvimento

    Com o uso de sondas, perfura-se o poço pioneiro. Se houver petróleo e gás, outros poços são perfurados, até que seja possível dimensionar o tamanho da jazida. Quando se detecta que é comercialmente viável produzir na região, a área em torno da jazida forma um campo. Assim, inicia-se a fase de desenvolvimento da produção, que tem prazo previsto de 27 anos.

  1. Fase de Produção

    Tem início quando o primeiro óleo e/ou gás natural é produzido no campo. Nessa fase, o petróleo e o gás produzidos poderão ser vendidos a diversas indústrias.

  2. Processamento e comercialização

    Após extraídos, o petróleo e o gás natural devem ser tratados antes de serem comercializados. O petróleo será enviado para refinarias e o gás natural para a unidade de processamento. Sua comercialização normalmente é feita por meio de contratos de longo prazo entre os produtores e os consumidores interessados.